Sexta-feira, 25 de Abril de 2008
O dia que mudou Portugal

   25 de Abril Cravo vermelho

 

Image hosted by Photobucket.com

 

Liberdade / Democracia

 

Os acontecimentos do dia 25 de Abril de 1974 revelam que o Movimento das Forças Armadas estava organizado e que era mais do que uma organização corporativista. Os miltares da Revolução preconizaram um momento da História Portuguesa, com milhares de outros protagonistas anónimos.
Situações impossíveis apenas 24 horas antes, marcaram os derradeiros momentos do Estado Novo. Imaginemos o Terreiro do Paço entre as 8 e as 11 da manhã, o Largo do Carmo ao meio-dia, e, mesmo, a tensão vivida na António Maria Cardoso durante toda a tarde.
Foi a Revolução dos Cravos.

.

1º COMUNICADO DO MOVIMENTO DAS FORÇAS ARMADAS

(lido aos microfones do RCP às 04.20h pelo jornalista Joaquim Furtado)

.

Aqui Posto de Comando do Movimento das Forças Armadas.
As Forças Armadas Portuguesas apelam para todos os habitantes da cidade de Lisboa no sentido de recolherem a suas casas, nas quais se devem conservar com a máxima calma. Esperamos sinceramente que a gravidade da hora que vivemos não seja tristemente assinalada por qualquer acidente pessoal para o que apelamos para o bom senso dos comandos das forças militarizadas no sentido de serem evitados quaisquer confrontos com as Forças Armadas. Tal confronto, além de desnecessário, só poderá conduzir a sérios prejuízos individuais que enlutariam e criariam divisões entre os portugueses, o que há que evitar a todo o custo.
Não obstante a expressa preocupação de não fazer correr a mínima gota de sangue de qualquer português, apelamos para o espírito cívico e profissional da classe médica, esperando a sua acorrência aos hospitais, a fim de prestar a sua eventual colaboração que se deseja, sinceramente, desnecessária.

.

COMUNICADO DO MOVIMENTO DAS FORÇAS ARMADAS ÀS 11.45 H

.

Aqui Posto de Comando do Movimento das Forças Armadas.
Na sequência das acções desencadeadas na madrugada de hoje com o objectivo de salvar o País do regime que há longo tempo oprime, as Forças Armadas informam que, de Norte a Sul, dominam a situação e que em breve chegará a hora da libertação.
Reafirma-se o desejo veemente de evitar derramamento de sangue mas igualmente se reafirma a decisão inabalável de responder decidida e implacavelmente a qualquer oposição que as Forças Militarizadas e Policiais pretendam oferecer.
Recomenda-se, de novo, à população que se mantenha calma e nas suas residências, para evitar incidentes desagradáveis cuja responsabilidade caberá exclusivamente às poucas forças que se opõem ao Movimento.
Ciente de que interpreta fielmente os verdadeiros sentimentos da Nação, o Movimento das Forças Armadas prosseguirá inabalável no cumprimento da missão que a sua consciência de portugueses e militares lhes impôs.
Viva Portugal!

 

25abril.jpg (50202 bytes)

                      

.

COMUNICADO DO MOVIMENTO DAS FORÇAS ARMADAS ÀS 19.50H

.

Aqui Posto de Comando do Movimento das Forças Armadas.
Continuando a dar cumprimento à sua obrigação de manter o País ao corrente do desenrolar dos acontecimentos, o Movimento das Forças Armadas informa que se concretizou a queda do Governo, tendo Sua Ex.ª o Prof. Marcelo Caetano apresentado a sua rendição incondicional a Sua Ex.ª o General António de Spínola.
O ex-presidente do conselho, o ex-ministro dos Negócios Estrangeiros e o ex-ministro do Interior encontram-se sob custódia do Movimento, enquanto Sua Ex.ª o Almirante Américo Tomás e alguns ex-ministros do Governo se encontram refugiados em dois aquartelamentos que estão cercados pelas nossas tropas e cuja rendição se aguarda para breve.
O Movimento das Forças Armadas agradece a toda a população o civismo e a colaboração demonstrados de maneira inequívoca desde o início dos acontecimentos, prova evidente de que ele era o intérprete do pensamento e dos anseios nacionais.
Continua a recomendar-se a maior calma e a estrita obediência a todas as indicações que forem transmitidas. Espera-se que amanhã a vida possa retomar o seu ritmo normal, por forma a que todos, em perfeita união, consigamos construir um futuro melhor para o País.
Viva Portugal!

 

 


 


  Capa do jornal "A CAPITAL" 25 Abril 1974      Capa do jornal "República" 25 Abril 1974

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte - Site da C.M. Odivelas/Núcleo Museológico "MFA Posto de Comando"



publicado por albufeiradiario às 00:01
link do post
partilhar

Quarta-feira, 23 de Abril de 2008
Iniciativa da UNESCO

 

Eis um Dia Mundial que eu aplaudo com ambas as mãos.

Compre livros. Ofereça livros. Leia livros. Viva mais, por isso!

 

                                                                               ZÉ D'ALBUFEIRA

 

                                                                                                        



publicado por albufeiradiario às 00:00
link do post
partilhar

Terça-feira, 22 de Abril de 2008
Colaboração dos leitores

ESGOTOS E INUNDAÇÕES

NA BAIXA DE ALBUFEIRA

ZÉ D'ALBUFEIRA

Um solícito visitante do ALBUFEIRAsempre, usando o pseudónimo NAPONTADOSDEDOS, teceu, esta madrugada, um conjunto de comentários sobre a problemática dos esgotos e das inundações na baixa de Albufeira, matéria que tratámos em diversos posts.

Dada a importância do assunto e a qualidade dos comentários (provenientes de quem está por dentro da situação), resolvemos, para além de publicá-los junto dos posts a que correspondem, juntá-los no presente post, para mais fácil acesso dos leitores.

 

Comentário ao post de 12 de Setembro de 2007 (clique na imagem)

 

The Bar Street

 

Boa noite, vou tentar responder a estas questões, visto que trabalho no departamento de saneamento e águas residuais na Câmara de Albufeira, limpeza de colectores! O que se passa na baixa de albufeira é muito simples, todos sabemos que o projecto polis que supostamente deveria melhorar a baixa só conseguiu piorar tudo. Quando chove muito sabemos que vêm águas a descer por todas as ruas até à baixa, que passa um ribeiro por baixo das ruas de Albufeira, penso que proveniente de dois lados! Na rua Cândido dos Reis, os esgotos são muito antigos, logo não são feitos como devia, são feitos mais ou menos como uma estrada mais curta com uma parede de cada lado, tipo um canal de águas, visto o fluxo de resíduos ser muito, é muito complicado limpar os colectores como deve de ser, só com os camiões limpa fossas a sugar de caixa a caixa é que poderão resolver alguns problemas. Os esgotos não estão entupidos mas sim cheios de grandes placas de calcário muito difíceis de desfazer, como digo, só sugando os detritos todos! A Câmara Municipal de Albufeira está devidamente informada desta situação, mas é complicado resolver, visto que quando chove muito, junta-se muita água nas caixas e começa a juntar as águas dos colectores das pluviais para os colectores dos esgotos! É COMPLICADO, MAS NÃO IMPOSSÍVEL DE MELHORAR A SITUAÇÃO!!

 

Comentário ao post de 15 de Junho de 2007 (clique na imagem)

        Albufeira

Exactamente, sempre que não temos serviço, somos encaminhados para a baixa para fazer limpeza nos colectores de esgotos, mas não é só a limpesa que faz falta, faz falta o limpa fossas acompanhar a limpeza, pois assim evita que os detritos maiores provoquem estragos nos colectores seguintes. Nem mais, esgotos misturados com pluviais, assim é complicado! Sempre que chove é o caos na baixa!



publicado por albufeiradiario às 04:56
link do post
partilhar

Sexta-feira, 18 de Abril de 2008
Humor laranja

 

Mau tempo “veste” país de Laranja
Quase todos os distritos de Portugal continental e o arquipélago da Madeira estão hoje com aviso Laranja, atendendo à continuação da chuva, vento e ondulação fortes.

(Retirado, com a devida vénia, do Observatório do Algarve - Jornal online)

Terá alguma coisa a ver com isto a tempestade que ontem assolou o PSD?

 



publicado por albufeiradiario às 12:32
link do post
partilhar

Segundo a CCDRA

REPOSTA A BARREIRA DE AREIA NA LAGOA DOS SALGADOS

                       Lagoa dos Salgados

                                           Será possível voltar a colher imagens como esta? (Foto barlavento/Mara Dionísio)

ZÉ D'ALBUFEIRA  

Em notícia veiculada pela Agência Lusa, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve anunciou que foi ontem reposta a barreira arenosa da Lagoa dos Salgados, "com o objectivo de funcionar como uma barragem".

Vamos a ver até que ponto esta medida consegue (conseguirá?) anular os nefastos resultados do criminoso esvaziamento da lagoa.

.

 

 



publicado por albufeiradiario às 11:04
link do post
partilhar

Quinta-feira, 17 de Abril de 2008
Crime ambiental

                                                        foto barlavento

Lagoa dos Salgados está seca

 

Lagoa dos Salgados está seca

.



publicado por albufeiradiario às 23:59
link do post
partilhar

Quarta-feira, 16 de Abril de 2008
Campo de golfe mais importante que ambiente - 2

CCDR CONFIRMA TER AUTORIZADO

ABERTURA DA LAGOA DOS SALGADOS

                 ZÉ D'ALBUFEIRA                         Foto

Para ter acesso a novos dados sobre esta questão, clique AQUI e AQUI.



publicado por albufeiradiario às 21:42
link do post
partilhar

Campo de golfe mais importante que ambiente

LAGOA DOS SALGADOS

À BEIRA DO DESASTRE AMBIENTAL

ZÉ D'ALBUFEIRA                  foto

Por se tratar de assunto da maior importância para Albufeira e os albufeirenses, a seguir transcrevo, com a devida vénia, o artigo hoje publicado pelo jornal Público:

 

16.04.2008, José António Cerejo

 

 A lagoa dos Salgados, uma importante zona húmida situada nos concelho de Silves e Albufeira, foi esvaziada na semana passada, criando uma situação que está a provocar a indignação de ambientalistas e estudiosos das aves aquáticas. O local, contíguo ao campo de golfe do empreendimento turístico Herdade dos Salgados, constitui um santuário para a reprodução de numerosas espécies protegidas, que se encontravam em plena nidificação e desapareceram por completo depois da abertura da lagoa.
De acordo com testemunhos ouvidos pelo PÚBLICO, a lagoa está completamente seca desde há dois ou três dias, a ponto de a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) ter cancelado uma visita ao local que tinha programado para o próximo sábado. A lagoa e as zonas alagadiças que a envolvem ocupam uma área de 149 hectares, situando-se o seu limite sul a poucas dezenas de metros do areal da praia dos Salgados.
A partir do final da década de 80, quando o campo de golfe da Herdade dos Salgados foi parcialmente implantado sobre zonas inundáveis anexas à lagoa, a capacidade de retenção da bacia formada pela confluência das duas ribeiras ali existentes foi fortemente afectada, sendo muitas vezes necessário abrir um canal para permitir a saída da água em direcção ao mar. Esta operação faz-se sempre no Inverno, com autorização da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDRA), por forma a não interferir com nidificação das dezenas de aves aquáticas que ali ocorrem nesta época do ano.
Entre as espécies recenseadas na área da lagoa encontram-se a galinha sultana, a garça vermelha, o camão, o pernilongo, o papa-ratos, o ibis preto e outras aves em perigo, que fazem da lagoa dos Salgados um espaço considerado de especial importância pela associação Bird Life International.
Ao que tudo indica, a lagoa foi aberta por máquinas, para permitir o escoamento do excesso de água provocado pelas chuvas da última semana, evitando danos no campo de golfe da Lagoa dos Salgados. O PÚBLICO tentou ao fim do dia de ontem contactar a administração da Herdade dos Salgados para saber se o esvaziamento é da responsabilidade daquela empresa do grupo Carlos Saraiva, mas o contacto não foi possível. Junto da CCDRA também não foi possível esclarecer se a operação foi devidamente autorizada ou não. Um dirigente da associação ambientalista Almargem diz, contudo, que a CCDRA em caso algum autorizaria uma intervenção desta natureza durante a Primavera.
Para lá das escorrências provenientes da actividade agrícola e da rega do campo de golfe que contribuem para a sua eutrofização, a lagoa dos Salgados tem sido afectada, segundo a SPEA, pelas descargas de efluentes de duas estações de tratamento de águas residuais. A Almargem e outros grupos ambientalistas deverão tomar hoje uma posição sobre aquilo que os seus dirigentes já ontem admitiam ser um desastre ambiental.



publicado por albufeiradiario às 11:22
link do post
partilhar

Sexta-feira, 11 de Abril de 2008
Na zona do Tribunal

DESVIO DO INATEL

PROVOCA AFUNILAMENTO DE TRÂNSITO

                         ZÉ D'ALBUFEIRA                         Foto

Afinal, a estrada que usurpou os terrenos da Misericórdia, desviando o trânsito do Pau da Bandeira, o que é positivo, veio criar um ponto de conflito de difícil gestão, frente ao Tribunal.

Ainda o verão não chegou e já, em horas de ponta, se sucedem os engarrafamentos nas artérias que ali confluem.

O novo arruamento faria sentido se desviasse o trânsito para a zona nascente da cidade, em vez de conduzi-lo para o seu interior. Assim, acaba por congestionar uma zona onde a fluidez do tráfego até era aceitável.

Muito provavelmente, faltou coragem às entidades envolvidas para fazer a travessia sobre os terrenos do Inatel. Um osso muito mais duro de roer do que a Misericórdia. Esta não foi vista nem achada no negócio com a Segurança Social, muito embora detenha o direito de superfície da propriedade que ocupa.

.



publicado por albufeiradiario às 22:11
link do post
partilhar

Quarta-feira, 9 de Abril de 2008
Humor ao pedal 3

O CICLISTA DA CAMISOLA ROSA

                                                                                                 foto barlavento (inauguração da ecovia)

Ecovia do Litoral Algarvio

 

ZÉ D'ALBUFEIRA

Afinal, o tal ciclista, jersey cor-de-rosa, que queria correr com o presidente (post de 9 de Março) não aparece. Não se dá por ele. E, claro, o presidente pedala à vontade, imprimindo o seu ritmo à corrida.

.



publicado por albufeiradiario às 23:59
link do post
partilhar

pesquisar
 
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17

19
20
21
25

26
27
28
29
30


posts recentes

A água e o futuro

1 mês de neve e alegria

Toponímia citadina

Em tempo de seca...

Agora sim

Visita pastoral

Imagens que falam por si ...

'Todos os Santos' e 'Fiéi...

Recolha do lixo

Incêndios

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

links
blogs SAPO
subscrever feeds