Terça-feira, 20 de Maio de 2008
O escandaloso aumento dos combustíveis

GOVERNO ASSOBIA PARA O LADO

                 ZÉ D'ALBUFEIRA                         

Há uns anos atrás, as petrolíferas nacionais aumentavam os preços em simultâneo, sob controle governamental. Até que um ministro de um Governo que me escuso de nomear teve a (infeliz) idéia de "liberalizar o sector" com a alegação de que, assim, surtiriam benefícios para os consumidores, promovendo designadamente uma baixa de preços, resultante da concorrência.

Pura ilusão. Suprema mentira.

A partir daí, os aumentos foram constantes, embora já não em simultâneo.

Presentemente, assiste-se ao maior agravamento de preços jamais visto em Portugal. À sexta-feira aumenta a BP. Ao sábado a Galp. E à segunda a Repsol. Para voltarem a aumentar todas, de novo, na semana seguinte.

O ministro da Economia, Manuel Pinho, anda a dizer há semanas que aguarda o diagnóstico da Autoridade da Concorrência para decidir se deve ou não intervir. O primeiro-ministro, José Sócrates, eleito por um partido que (ainda) se diz socialista, mas praticando uma política anti-social, direitista,  pavoneia-se pelo estrangeiro, fazendo por ignorar as realidades do País. Mário Soares, ao menos, teve o mérito de assumir que metera o "socialismo na gaveta". Sócrates pensa que os portugueses são um bando de mentecaptos. 

E a comunicação social - para compor o ramalhete - optou, a partir de ontem, por  só falar da selecção. Para distrair os portugueses, afastando-os do essencial. E ajudar o Governo e o primeiro-ministro a não serem  molestados pelas queixas (legítimas) do povo sacrificado.

 

Só falo dos combustíveis. Porque se falasse do aumento escandaloso dos bens de primeira necessidade (que os bolsos - vazios - dos portugueses sentem dia após dia), sem o menor esforço do executivo para o travar, teria de afirmar que Portugal tem um Governo de m.!

.

m. - medíocres, claro.



publicado por albufeiradiario às 00:04
link do post | comentar
partilhar

4 comentários:
De do Zé portuga a 20 de Maio de 2008 às 13:18
Não há duvida é mesmo um governo de M...a por isso é que anda a circular na internet um boicote á GALP BP e REPSOL ninguem devia de pôr lá combustivel. para eles verem o que era bom . o sr. ministro está a assobiar para o lado porque em cada aumento entra nos cofres do estado 21% de iva . e agora como vem o verão lá temos que começar a andar de bicicleta a pedal .


De Escarpão a 20 de Maio de 2008 às 18:37
Não sou pelo Governo mas. o aumento do preço do petróleo era e é inevitável.
Nós que somos o segundo país da UE mais dependente de combustiveis fósseis a seguir a Chipre temos que sofrer. Andava e ainda anda muita gentinha a queimar gasolina desnecessariamente.
O Governo devia arranjar um gasóleo profissional com preços ao nível dos de Espanha para as empresas se tornarem competitivas.
Falta a noção de desenvolvimento sustemtável no no nosso país e por demais no nosso concelho.
A pessoas deveriam usar mais os transpiortes públicos como alternativa ao carro mas até têm acabado com alguns que havia.
O Giro é uma boa iniciativa, ninguém dá o valor auns poucos como o Prof Ruivinho Brazão que andou a falar nisso uns bons anos até o finalmente ser implementado.
Graças às rent-a-car com sede no concelho, mais transportes públicos e uma cultura individualista, Albuferia pode-se gabar de ser o primeiro concelho no ranking nacional com mais carros por habitante.
Temos (aqueles que podem) andar mais a pé, bicicleta e de transportes públicos, nada como uma crise para mudar de hábitos...


De Tomás de Torquemada a 20 de Maio de 2008 às 23:16
O barril (barrel) tem 42 galões americanos. Cada galão americano tem 3,785 litros. Logo, cada barril de petróleo tem 158,97 litros. Ontem o preço médio da gasolina, nos Estados Unidos era de 3,791 dólares USA por galão. O preço médio do gasóleo era de 4,497 dólares USA por galão. As taxas são iguais para ambos os combustíveis, ou seja 11% (compare-se com os nossos ISPP e IVA). Os preços base para o crude são de 73% para a gasolina e de 61% para o gasóleo, mas a refinação da gasolina custa 10% do seu preço e a do gasóleo 21% do seu preço. As despesas de distribuição são de 6% para a gasolina e de 7% para o gasóleo. Já agora cada galão de gasolina tem o poder energético de 124.000 BTU e cada galão de gasóleo o poder energético de 139.000 BTU (British termal units) e já agora um galão de propano tem 91.000 BTU. Isto é importante para perceber o consumo dos motores a gasolina, gasóleo ou gás. Voltando ao essencial, cada litro de gasolina custa 1,001585 USD e cada litro de gasóleo 1,188111 USD. A CGD cambia, neste momento, 1 €=1,5662 USD. Logo o litro de gasolina está a 0,643436 €/l e o gasóleo a 0,763263 €/l, isto nos USA. O barril tem a mesma capacidade em todo o mundo, o Q.I. , não!.

Uma breve nota de um cidadão da Grunholândia!

E agora não se esqueçam: - daqui a um ano e meio voltem a votar massivamente neles e a colocar o PS e os "xuxalistas" (nunca o nome lhes foi tão bem aplicado) no hemiciclo com maioria absoluta...

Que bom é este socialismo moderno do Sr. Engenheiro Técnico Carvalho Pinto de Sousa, mais conhecido por José Sócrates. Continuem a votar neles

E disse!


De luis alexandreluis.a.sporting2 a 23 de Maio de 2008 às 02:20
Os portugueses têm os Governos que merecem. Este ou aquele partido do hemiciclo parlamentar até hoje não saiu da retórica. Quando se quer mudar alguma coisa, todos sabemos que são precisas ideias. planos e acção mobilizadora das pessoas, porque estas, em número, é que têm a mais poderosa força de mudança. Até hoje nenhum destes partidos quis encabeçar qualquer luta.
As companhias petrolíferas, fazem o que querem porque o Governo e a Assembleia da República deixam. Neles reside o poder executivo e legislativo que podem travar a especulação que nos afecta. Mas sabe bem arrecadar mais uns milhões à custa dos contribuintes e não serem obrigados a reformar o Estado, cortando nas inúmeras despesas superfluas e sem ser à custa dos funcionários públicos, como aconteceu nos últimos anos.
Não fugindo ao assunto combustíveis, defendo que a sociedade civil e as suas organizações têm sempre uma palavra a dizer e total legitimidade para mobilizar as pessoas que influenciam, a tomar decisões de reduzirem ao máximo os consumos e manifestarem por todas as vias democráticas o seu repúdio pela situação que vivemos.Face à concentração do mercado em 3 grandes companhias que sabem que se os boicotarmos num dia, mais tarde ou mais cedo vamos ter de abastecer e quase recuperam as receitas, então temos de procurar outra estratégia. As nossas manifestações públicas incomodam mas, melhor seria propor um dia sem carros (sem radicalismos e usando ao máximo os transportes públicos), cumprindo as nossas obrigações produtivas mas que levaria as petrolíferas e o Estado a "perderem dinheiro" e a pensar que poderíamos repetir a graça. O problema está em que os portugueses demoram a mexer-se.


pesquisar
 
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Cerro Grande

Há 33 anos

Espingarda automática G3

Legislativas 2019

ZÉ D'ALBUFEIRA

Clube Areias de S. João

A leitura que se segue

(Negra) memória... global

ZÉ D'ALBUFEIRA

Tributo a Fernando Silva ...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

links
blogs SAPO
subscrever feeds