Quinta-feira, 3 de Agosto de 2006
As autoridades não actuam

Trânsito caótico em Albufeira

                             ALBUFEIRENSE INDIGNADO 

A cada dia que passa,é deveras impressionante verificar o caos em que Albufeira se encontra mergulhada por força da intervenção do Polis. É uma terra sem rei nem roque, onde todos fazem o que querem sob a complacência das entidades que era suposto fiscalizar e pôr cobro aos desmandos que se cometem. Começando pelo trânsito, é notório que este se processa de forma anárquica; os transeuntes e as viaturas deslocam-se no mesmo espaço, porque não há o minímo respeito pelo cumprimento da sinalética existente nas ruas, assistindo-se a uma constante falta de civismo. É verdade que existe a tal sinalização vertical, mas a sua eficácia é praticamente nula e a sua colocação é de tal ordem que melhor seria retirá-la, porque ninguém a cumpre nem a faz cumprir. É um salve-se quem poder. Os passeios destinados a peões estão pejados de carros estacionados, o que os obriga a deslocarem-se nas faixas de rodagem onde se cruzam com as viaturas que aí transitam, correndo o risco de atropelamento. Por sua vez, onde existe sinalização de estacionamento e trânsito proibido, é ver automóveis a cicularem sem qualquer impedimento; os sinais de trânsito servem apenas de adorno nas ruas, porque cumpri-los ninguém os cumpre. É um fartar vilanagem ! As autoridades que têm competência nesta matéria (GNR, Polícia Municipal), limitam-se a assobiar para o ar e fazem de conta de que nada se passa. A GNR que é a autoridade de maior preponderância em matéria de trânsito, chega mesmo a ignorar situações de evidente transgressão, não actuando em conformidade. Não sei se será distracção, o que é difícil de crer, ou se terá ordens superiores nesse sentido, o que seria bastante grave. Que eu saiba o actual Código da Estrada impõe regras muito rigorosas e prevê duras penalizações no que respeita às transgressões de trânsito. Então, por que motivo se assiste a este preocupante laxismo ? Na zona do Rossio a anarquia no trânsito é de bradar aos céus. Aqui nada se respeita, é o abuso total. Transita-se por todo o lado, mesmo em sentido contário ou em zonas interditas, estaciona-se em locais proibidos, pese embora o facto de existir sinalização reguladora. As autoridades que poderiam disciplinar esta situação não se deslocam a esta zona. Até parece que o Rossio não faz parte do itinerário da GNR quando faz os respectivos giros. Esta situação é tão caricata que mesmo o conjunto de três pérgolas (espécie de alpendres para dar sombra com bancos corridos por baixo) aqui instalado e que até uma obra muito elogiada pelo Sr. Presidente da Câmara (isto há gostos para tudo), serve para albergar carros, principalmente à noite. Uma dessas pérgolas, para além de servir de estacionamento para carros, também é utilizada abusivamente como esplanada de um snack-bar aqui existente, o que impede que as pessoas que pretendem sentar-se no referido banco,  o possam fazer. Por acaso a fiscalização da Câmara tem conhecimento "in loco" deste caso, mas como quase sempre acontece, a sua acção é inofensiva. Enfim, mais havia para dizer. Ficará para outra oportunidade.

.

contacto - albufeirasempre@sapo.pt



publicado por albufeiradiario às 07:12
link do post | comentar | ver comentários (3)
partilhar

Quarta-feira, 2 de Agosto de 2006
Já previa que acontecesse

FALTA DE INSPIRAÇÃO (que não de assunto)

 

              Comitiva no Largo Eng. Duarte Pacheco, onde as obras continuam

                                                                                              elisabete rodrigues barlavento

ZÉ D'ALBUFEIRA

Já previa que isto acontecesse mais tarde ou mais cedo

Impus-me a mim próprio, no início desta aventura, editar pelo menos um blog por dia, ininterruptamente (descontado o descanso do domingo, o dia do Senhor).

E, de facto, tenho cumprido escrupulosamente esse propósito desde o arranque, ocorrido em 22 de Maio. Uns dias melhor, outros pior - mas sempre imbuído do desejo quotidianamente renovado de, através da minha (pobre) pena, servir Albufeira e os albufeirenses. Em prejuízo doutras coisas que eu gostaria de fazer e não faço por causa disto.

Todos os dias a realidade da nossa terra e das nossas gentes me tem fornecido um tema candente (às vezes, mais do que um) para poder dissertar acerca dele. Todos os dias menos um: hoje.

Hoje vejo-me a dar voltas à cabeça, em busca da inspiração que tarda a chegar.

Não é propriamente por falta de assunto. Assunto há sempre, enquanto decorrer o malfadado programa Polis, um poço sem fundo em matéria de medidas desconcertantes a merecer crítica pertinaz.

O que me chateia é  ter de mexer na mesma porcaria. Com estes calores, quanto mais voltas se lhe dá mais mal cheira!

Olha lá! Brincando, brincando, não é que preenchi o espaço?!...

Até amanhã.

.

contacto - albufeirasempre@sapo.pt



publicado por albufeiradiario às 07:00
link do post | comentar | ver comentários (1)
partilhar

Terça-feira, 1 de Agosto de 2006
A sanha destruidora do Polis

ALBUFEIRA, TERRA SEM PASSADO

                                              

Visitante assíduo do ALBUFEIRAsempre remeteu-nos para publicação o seguinte texto, com o qual pretende dar o seu contributo para a discussão do que continua a ser o tema do dia na nossa cidade:

.

ALBUFEIRENSE INDIGNADO

Quem conheceu Albufeira no seu passado recente e agora a visitar, certamente ficará chocado com o cenário que se lhe depara perante os olhos. Chegará mesmo a interrogar-se se "aquilo" que está a ver é a famosa Vila Branca em Mar Azul. Com efeito, tudo o que de genuíno e autêntico esta pitoresca terra possuía foi simplesmente arrasado e substituído por "arquitectices" de gosto muito duvidoso, diria mesmo de muito mau gosto, graças à intervenção daquela "coisa" sinistra denominada Programa Polis. Para a sua execução conta com um painel de "luminárias" (engenheiros e arquitectos), onde pontifica uma tal Sr. Cercas, indivíduo arrogante e pretensioso, que se julga possuidor de atributos especiais e se arroga no direito de modificar (destruir) Albufeira, a coberto de projectos que mais parecem ter sido elaborados com os pés, pois o desfasamento com a realidade, quando aplicados no terreno, é notório Do alto da sua soberba, tal personagem vai fazendo orelhas moucas aos conselhos e sugestões dos verdadeiros albufeirenses que, conhecendo a história desta terra e aqui vivendo desde sempre, ainda tentam minimizar os efeios nefastos resultantes da intervenção do Polis. É evidente que os elementos do Polis não têm actuado sozinhos nesta sua sanha destruidora, têm contado até com um aliado de peso - a Câmara Municipal - cujo Presidente, membro efectivo da sua admnistração, não tem conseguido ou sabido defender os interesses dos cidadãos que representa, nem pugnado pela defesa do património histórico e arquitectónico da cidade. Pelo contrário, o que se tem vindo a assistir é que o mesmo tem vindo a pactuar ou tem sido incapaz de evitar as sucessivas asneiras e os autênticos atentados contra tudo que caracterizava e tornava única esta bonita terra. O mal está feito. Não tardará muito para que o séquito do Polis levante o respectivo "acampamento" e saia de cena, ficando apenas "os colaboracionistas" que, por acção ou omissão, contribuiram inequivocamente para a destruição e a transformação de Albufeira em mais uma cidade como existem tantas outras. Resta-me, no entanto, a esperança de que, mais tarde ou mais cedo, todos os que têm culpas no "cartório" serão chamados a prestar contas à população que neles confiou. Então não adiantará, como é prática deste executivo camarário, alijar ou transferir responsabilidades, porque este foi conivente com a profunda descaracterização a que foi sujeita esta terra. Sobre ele pairará de forma indelével, o estigma da incompetência que conduziu à delapidação do património histórico e arquitectónico de Albufeira, transformando-a numa terra sem passado.

.

contacto - albufeirasempre@sapo.pt



publicado por albufeiradiario às 07:00
link do post | comentar | ver comentários (4)
partilhar

pesquisar
 
Janeiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
15
16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
28
29
30
31


posts recentes

Imagens que falam por si

Esta quinta-feira

Marina

Fibra ótica MEO

Saiba salvar vidas

Dia de Reis

Atropelo aos direitos do ...

Aos leitores e Famílias

Domingo dentro da oitava ...

MEO vs marina de albufeir...

arquivos

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

links
blogs SAPO
subscrever feeds