Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Albufeira Sempre

Diário sobre Albufeira.

Albufeira Sempre

Diário sobre Albufeira.

Governo PS e Câmara PSD dão as mãos

albufeiradiario, 20.03.08

NOVO ACESSO À VIA DO INFANTE

SERÁ REALIDADE

..................   
ZÉ D'ALBUFEIRA      

Afinal, o que o secretário de Estado das Obras Públicas veio dizer a Albufeira é que o Estado e a Câmara dividem entre si a responsabilidade da construção do acesso à Via do Infante. Isto é: o poder central constrói um novo troço entre a auto-estrada e o parque de campismo, comprometendo-se o Município a executar a requalificação da 395 entre o parque de campismo e a cidade. Claro está, com mais umas rotundas de permeio.

Se se concretizarem as juras de amor ontem divulgadas nos Paços do Município de Albufeira, entre poder local e poder central, prova-se que é possível ambos conviverem e gerarem soluções concretas em benefício das populações. Apesar de se centrarem em forças políticas antagónicas!

Eu sei quem vai ficar vermelho (vermelho, não: rosa ) de raiva... 

PS (post scriptum, não haja confusões) - Parece que o senhor também vinha inaugurar a escada-rolante-Polis do Pau da Bandeira, mas esta "amuou", assumiu uma avaria e não quis funcionar... 

.

Chega mais logo

albufeiradiario, 19.03.08

PRIMAVERA SURGE EM TONS DE INVERNO

ZÉ D'ALBUFEIRA     Primavera.jpg

Curioso. A Primavera vai dar entrada às 05H48 de amanhã, dia 20, previsivelmente, com tempo de Inverno.

É o resultado do desconcerto absoluto do nosso planeta.

Por força da acção (negativa) do Homem ao longo de séculos. Ou da degradação constante da Terra por via dos movimentos de rotação e translacção, milénios sobre milénios.

Certo é que já nada é (será) como dantes.

Puto eu, e a sequência das estações surgia, ano após ano, milimetricamente certinha: hoje, Primavera, Verão, Outono e Inverno; amanhã, Verão, Outono, Inverno e Primavera. Invariavelmente.

Apesar de tudo, saudemos a chegada da estação da vida, da côr, da luminosidade e da alegria.

Haja alegria e força de viver!

.

Até que enfim!

albufeiradiario, 18.03.08

GOVERNO ANUNCIA LIGAÇÃO À VIA DO INFANTE

           ZÉ D'ALBUFEIRA                           

Parece que é desta que Albufeira e os albufeirenses vão poder começar a acreditar que a nossa cidade será dotada de um acesso de qualidade à Via do Infante.

É pelo menos essa a idéia que deixa transparecer a visita, anunciada para quinta-feira, do secretário de Estado das Obras Públicas com o objectivo, segundo a Agência Lusa, de "apresentar a variante à EN 395 (a nova ligação entre a Via do Infante e Albufeira)".

Só não percebemos que raio de apresentação o homem vem fazer, uma vez que está prevista a sua chegada a Albufeira às 11 horas... para, logo ao meio-dia, ter de estar em Lagos!

.

34 anos depois

albufeiradiario, 16.03.08

16 DE MARÇO:

ANTECÂMARA DA LIBERDADE

.

16 de Março de 1974
Tentativa de golpe militar contra o regime. Só o Regimento de Infantaria 5 das Caldas da Rainha marcha sobre Lisboa. O golpe falhou. São presos cerca de 200 militares, alguns deles decisivamente envolvidos na preparação da "Revolução dos Cravos".

                                                                     In Odivelas / Posto de Comando do MFA 

 

ZÉ D'ALBUFEIRA      
Ficou registado na História como o Pronunciamento das Caldas o movimento militar que eclodiu no dia 16 de Março de 1974, em antecipação do vitorioso 25 de Abril - que restituiu a Liberdade ao Povo Português.

Uma coluna militar proveniente do Regimento de Infantaria 5, das Caldas da Rainha, marchou sobre Lisboa naquela que seria uma insurreição abortada. Mas que constituiu o despertar das consciências da esmagadora maioria dos portugueses para a necessidade de mudar o rumo dos acontecimentos, com vista ao fim da ditadura fascista de Salazar e Caetano e à consequente  reposição da Democracia.

A História está por fazer. E dúvidas pairam ainda sobre a verdade dos acontecimentos daquela madrugada do final do último Inverno que antecedeu o glorioso 25 de Abril. Teria havido uma deficiente articulação do Movimento dos Capitães que  programara uma acção revolucionária que levaria ao derrube do regime opressor vigente há mais de quarenta anos em Portugal? Ou teria sido esta insurreição (das Caldas) propositadamente desencadeada como um balão de ensaio para pôr à prova a "paz podre" e a segurança do Estado de então?

O que é certo é que ela teve o condão de assustar o regime e os seus mentores. E de acordar os portugueses, preparando-os para a aceitação sem reservas da Revolução dos Cravos, iniciada com o golpe militar, então bem sucedido, de 25 de Abril de 1974.

Eu estava na tropa na altura. E vivi por dentro, com a ansiedade de quem, absorvendo com sofreguidão o conteúdo do  livro de Spínola "Portugal e o Futuro", esperava a abertura definitiva de Portugal ao mundo.

Aqui expresso a minha profunda gratidão a quantos participaram no movimento militar (abortado) de 16 de Março de 1974 - a partir do qual os portugueses acreditaram na conquista da Liberdade. Obtida, finalmente, graças aos militares que, enquadrados por heróicos Capitães, fizeram o 25 de Abril com generosidade e romantismo e sem derramamento de sangue.

Humor - ficção

albufeiradiario, 15.03.08
MAI TESTA FONES PARA PM                                                                   
                                                                                          João Miguel Rodrigues ("C.M.")
          
ZÉ D'ALBUFEIRA                              
O ministro da Administração Interna testou ontem em Lisboa um sofisticado sistema de fones que o primeiro-ministro vai passar a usar sempre que tiver de enfrentar manifestações ruidosas.
A estreia deste novo equipamento pelo engº. Sócrates deverá ocorrer esta tarde, quando o chefe do Governo tiver de atravessar mais uma manifestação de professores ("expontânea", que vem sendo convocada há vários dias...) para entrar no pavilhão do Académico do Porto, onde vai participar no comício PS que assinala o terceiro ano de Governo.
.

"Algarve Convida" no Porto

albufeiradiario, 14.03.08

ALBUFEIRA

(BEM) REPRESENTADA

ZÉ D'ALBUFEIRA                           As bailarinas dos Casinos da Solverde, na «Algarve Convida»

A representação do Município de Albufeira no Algarve Convida, que hoje começa na cidade do Porto, será enquadrada por um frenético can-can gentilmente cedido pelos Casinos do Algarve/Solverde.

Para além disso, o stand da nossa terra presenteará os visitantes com um conjunto de gentis recepcionistas oriundas dos quadros da Câmara Municipal. Superiormente dirigidas, claro está, pelo fogoso presidente!

Na próxima época balnear não nos faltarão, concerteza, os cobres do maior grupo de tripeiros (Pinto da Costa virá?) jamais visto em Albufeira.

.

Com que intuito?

albufeiradiario, 14.03.08

ACOSAL ACOSSA PRESIDENTE DA CÂMARA

         ZÉ D'ALBUFEIRA                    

A ACOSAL deve andar a bater-se a mais um subsídio camarário. Então, convocou uma conferência de imprensa para desancar o presidente da Câmara, a propósito da nova (grande) superfície comercial da Guia. 

De facto, as relações ACOSAL-Presidente têm-se pautado por um constante "quanto mais me bates mais gosto de ti!". Sempre que é preciso "sacar" algum ao Município - ataca-se o presidente. E este, apaziguador, lá arranja mais um patrociniozito. Seja a propósito do Natal (sem Jesus mas com o Pai Natal), de uma provinciana animação artística ou de uma qualquer pretensa feira de produtos regionais.

E assim, a associação que se arroga representar (com que direito? Quantos associados tem?) o comércio local, ou melhor, a sua Direcção, vai fazendo uns pequenos brilharetes, à escala do seu próprio umbigo. Alguém beneficia com isso. Que não a população. Nem o universo dos pequenos empresários da cidade.

.

Poetas algarvios de sempre

albufeiradiario, 13.03.08

JOÃO BRAZ

João Braz.jpg

 

 

Ao meu amigo Horácio Machado (filho do poeta)

ZÉ D'ALBUFEIRA

 

Nascido em S. Brás de Alportel a 13 de Março de 1912, João Braz Machado viria a fixar-se em Portimão, onde viveu até ao final da vida (22 de Junho de 1993).

Começou a escrever poemas aos 11 anos. Aos treze ganhou um prémio num concurso de poesia, o que o lançou na aventura poética que foi toda a sua vida.

Em 1951 foi distinguido com o título de "príncipe dos poetas portugueses" nos Jogos Florais Nacionais.

Foi também jornalista (fundou e dirigiu "A Rajada" e colaborou em diversos jornais nacionais e regionais) e autor teatral.

Da sua vasta obra, dois títulos se destacam: "Aguarelas Algarvias" e "Esta Riqueza Que o Senhor Me Deu", ambos com várias edições.

Em 1992 foi galardoado com o Diploma de Mérito Municipal pela Câmara de Portimão.

A memória do poeta João Braz encontra-se perpetuada numa estátua, em bronze, da autoria de Arlindo Arez, implantada na zona ribeirinha de Portimão, cidade em cuja toponímia figura o seu nome.

 

O mundo, pião de Deus...

.

 

Outro dia, na escola,

O professor deu à gente

Uma bizarra lição:

- Disse que o mundo é uma bola

E anda à roda, eternamente,

A girar como um pião…

 

Nunca em tal tinha pensado;

E fiquei muito admirado

Com a lição que aprendi.

…Roda o mundo, e o caso é

Que eu ando a rodar em pé

E ainda não entonteci.

 

Mas ponho o caso em estudo,

Reparo que nisto tudo

Reina grande confusão,

Pois, no céu, seria asneira

Deus andar, por brincadeira,

Sempre a jogar ao pião…

 

E nem o meu professor

Decifra sem aranzel

Este segredo profundo:

?Onde é que Nosso-Senhor

Foi arranjar um cordel

Pra fazer rodar o mundo?

8978090515-esta-riqueza-que-o-senhor-me-deu-poemas

Repartições de Finanças

albufeiradiario, 13.03.08
É MENTIRA QUE FECHEM DELEGAÇÕES DO FISCO
                   ZÉ D'ALBUFEIRA                   Logotipo

Um jornalista precipitado (e, concerteza, com sérias dificuldades de interpretação da língua de Camões) anunciou um dia destes que iam encerrar mais de uma centena de Repartições de Finanças.

A afirmação não soou muito bem ao povo português, habituado a ser cada vez mais extorquido, de toda a maneira e feitio, pelo todo-poderoso aparelho do Estado "de direito democrático".

E tinha razão o Zé Povinho: não é verdade que fechem representações do fisco!

A tendência, aliás, é para disseminá-las - para mais e melhor sugar quem ainda encontra ânimo para produzir alguma coisa neste cantinho à beira-mar plantado.

Qualquer dia, a exemplo do que se passa com as viaturas médicas ao domicílio, as carreiras de tiro em camiões TIR, e as carrinhas internet móvel, o que nos vai calhar em sorte - perseguição suprema! - são carrinhas do fisco a percorrer o País, de norte a sul, em feiras, mercados e festivais de música.

O diabo seja cego, surdo e mudo...

.