Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Albufeira Sempre

Diário sobre Albufeira.

Albufeira Sempre

Diário sobre Albufeira.

Os bombeiros e a crise

albufeiradiario, 26.10.11

«SOCORRO!»

ZÉ D'ALBUFEIRA                           d.r.

A anunciada demissão da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Albufeira é um grito lancinante, um pedido de socorro urgente vindo de quem, pela natureza da sua função, está mais habituado a sair em socorro dos outros. É o corolário da situação preocupante em que as corporações de Bombeiros se têm vindo a afundar, fruto de acrescidas dificuldades na reunião dos recursos indispensáveis ao cumprimento das missões, cada vez mais e mais dispendiosas, a que são chamadas.

A braços com a grave crise financeira que o País vive, nem as Câmaras – base habitual de sustentação dos soldados da paz – nem os empresários, nem os cidadãos estão em condições de aumentar, sequer manter, os níveis de apoios até agora praticados.

Em Portugal, o papel dos Bombeiros é tradicionalmente deixado um pouco ao Deus dará, é assim como um movimento de cariz voluntário, que se vai organizando por si próprio e a que o Estado e as populações jogam mão quando veem a casa a arder.

Esta mentalidade vigente, não obstante uma certa evolução nos conceitos de segurança, não teve nos últimos anos nenhuma alteração substancial que levasse o Estado e os responsáveis políticos a lançarem um verdadeiro plano estratégico nacional, a começar justamente por um debate sério envolvendo todas as partes interessadas, de forma a adequar as estruturas de bombeiros – e, obviamente, o seu financiamento – à profunda modernização da coisa pública que as necessidades do País há tanto reclamam. A atuação do poder central, nesta como noutras matérias, não passa de verbalismo para conquista de clientelas políticas.

Já os autarcas, desde sempre dedicados ao exercício de distribuir subsídios em busca de votos, criaram nos organismos e associações uma incessante subsídiodependência que, agora, não são capazes de combater.

*foto ALBUFEIRAsempre

** Artigo publicado na minha coluna de opinião "Antes do mais" do «barlavento» de 27/10/2011