Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Albufeira Sempre

Diário sobre Albufeira.

Albufeira Sempre

Diário sobre Albufeira.

Passagem do ano em Albufeira

albufeiradiario, 23.11.11

CÂMARA ENCORAJA PEDITÓRIO PARA A FESTA

ZÉ D'ALBUFEIRA                           d.r.

Minha coluna "Antes do mais" do «barlavento» de amanhã (24/11/2011):

O peditório

Portugal é decididamente terra de peditórios. Já tínhamos o peditório da Cáritas, o peditório da Cruz Vermelha, o peditório da AMI, o peditório da missa, neste caso ofertório. Isto para além dos peditórios para os animais, para o enterro dos sem-abrigo e para os pseudoveteranos de guerra travestidos de bombeiros. Mais ainda o peditório do Banco Alimentar, chamado recolha, o peditório do cancro, o peditório da sida, o peditório da tuberculose.

Passámos agora a ter mais um: o peditório para a passagem do ano em Albufeira!

Somos, já éramos sem sombra de dúvida, a par dos gregos e vendo-nos nós próprios gregos, o maior pedinte da União Europeia enquanto país aderente ao euro, no pelotão da frente como quis Cavaco. E somos também a nação valente e imortal com maior número de peditórios por quilómetro quadrado.

Mas este novo peditório, é bom dizê-lo, completamente inédito no espaço europeu e destinado à nobre missão de pagar o foguetório e a banda da passagem do ano na capital do turismo, garante-nos à partida um retorno no montante de 10 milhões de euros, segundo o estudo (?) anualmente divulgado pela câmara de Albufeira.

Quem sabe até, nesta luminosa solução, havendo coragem política para a estender a todo o território nacional, incluindo os domínios do Alberto João e as Berlengas, o contabilista do governo e o seu colega Álvaro profeta do início do fim de todos os males já no ano que vem, encontrem quiçá a resolução dos problemas da nossa economia, de forma a podermos dar, muito antes do que pensa a senhora Merkel, uma pantufada no traseiro da troika do nosso descontentamento.

-o-

Os leitores interessados em contribuir para este peditório devem canalizar os seus donativos para a conta/contrato-programa da Aresta junto do município de Albufeira.

*foto ALBUFEIRAsempre

1 comentário

Comentar post