Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Albufeira Sempre

Diário sobre Albufeira.

Albufeira Sempre

Diário sobre Albufeira.

Poemas de JOÃO DE DEUS

albufeiradiario, 10.02.07

      Folha caída

.

Árida palma

Tem seu licor;

Tem, como a alma

Tem seu amor;
Tem, como a hera

Tem seu Abril;

Tem, como a fera

Tem seu covil.

 

Tem toda a planta,

Que o sol crestou,

Lágrima santa

Que a orvalhou;

E o passarinho,

Que ontem nasceu,

Lá tem seu ninho

Que a mãe lhe deu.

 

Só eu na mágoa

Do meu penar

Sou como a água

Que anda no mar;

Sou como a onda

Que à busca vem

De onde se esconda,

E onde não tem!

 

Folha revolta

Que anda no chão,

Lágrima solta

Do coração;

Corpo sem vida,

Haste sem flor,

Folha caída

Do meu amor!