Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Albufeira Sempre

Diário sobre Albufeira.

Albufeira Sempre

Diário sobre Albufeira.

À atenção da Câmara de Albufeira

albufeiradiario, 03.11.15

Construção de novo jardim

na Meia-Laranja

Concurso público de ideias

                                                                                                           d.r.

albufeira jardim4.jpg

 ZÉ D'ALBUFEIRA

Felizmente, não há vítimas mortais a lamentar, senão diria como Pombal que a decisão é “enterrar os mortos e tratar dos vivos”.

Curiosa coincidência esta, de o terramoto de 1755 e a cheia de 2015, salvo as devidas proporções, terem ocorrido no mesmo dia 1 de novembro. Quanto ao acontecimento mais recente, parece que, em certa medida, há males que vêm por bem.

Refiro-me à destruição do Largo Engº Duarte Pacheco, a popular Meia- Laranja.

Desde que o Polis de má memória teve a infeliz ideia de, criminosamente, substituir o antigo jardim, tão do agrado da população, pela construção em pedra, insensível e inestética, em total dessintonia com a realidade paisagística da baixa, lamentavelmente prostituída, que (quase) todos repudiam tal “modernismo” (a lembrar praças sem graça do norte de África ou da vizinha Espanha) reivindicando a reposição do jardim. Não necessariamente igual ao que décadas sobre décadas serviu de ponto de encontro dos albufeirenses e destes com as famílias visitantes habituais, mas um jardim. Com flores, árvores frondosas da flora local, bancos e o mínimo de condições para a realização de pequenos espectáculos públicos a animar a malta.

Por isso, aproveitando a lição que a Natureza acaba de nos infligir, permito-me sugerir à edilidade que promova a requalificação da praça, eventualmente levando a cabo um concurso público de ideias para a construção de um jardim urbano adequado às características urbanísticas e paisagísticas de Albufeira. E tendo em atenção a memória coletiva do nosso povo.

Sem esquecer que o novo jardim deve assentar sobre uma boa rede de drenagem das águas pluviais.