Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Albufeira Sempre

Diário sobre Albufeira.

Albufeira Sempre

Diário sobre Albufeira.

Escândalo

albufeiradiario, 08.06.15

FPB quer oferecer título ao Porto

ATUALIZADO

imortal basket 2015.jpg

 ZÉ D'ALBUFEIRA

É, no mínimo, escandaloso. Uma autêntica pouca vergonha!

A Federação Portuguesa de Basquetebol marcou para Vila Real de Trás os Montes, no próximo feriado de 10 de junho, a final do campeonato nacional da 1ª divisão, que oporá o nosso Imortal BC (campeão da zona sul) ao Dragon Force "B" (vencedor da zona norte).

Haveria melhor maneira de oferecer o título à equipa portista? Só marcando o jogo para as Antas...

O Imortal terá de percorrer o sêxtuplo (!) da distância do Dragon Force para se deslocar à capital transmontana, o que representa uma enorme violência sobre os nossos atletas, que ontem tiveram de disputar em Sines a final zonal sul da mesma competição, de que sairam vencedores garbosamente pela marca de 71-65 sobre o Barreirense.

Não é que não confiemos no valor, dedicação e empenho dos nossos jogadores que, em condições de igualdade, pela certa ganhariam aos portistas. Mas nesta situação de gritante desigualdade (diria mesmo falsidade) já é duvidoso que tal aconteça - sem querer por em dúvida, repito, o valor competitivo da equipa Imortal/Zoomarine, que tão boa conta tem dado de si ao longo de toda a prova.

De qualquer modo, a presença na Proliga na próxima época está garantida. Não obstante, sentimo-nos verdadeiramente espoliados de um título que está perfeitamente ao nosso alcance e enriqueceria bastante o palmarés do clube de Albufeira.

ATUALIZAÇÃO

8/6/2015 - 17.45h - Acabo de receber do meu amigo Fernando Campos, jornalista e colaborador do barlavento, o email cujo teor agradeço e passo a divulgar.

"Segundo informação que recebi agora da F.P.B., o jogo não será no dia 10, devido a chamada de atenção do Imortal B.C., devido a dificuldades na deslocação, mas possivelmente será no dia 14. Informação prestada à dois minutos pelo gabinete de competições da Federação Portuguesa de basquetebol."

A nova data em nada invalida a rasteira que está a ser passada ao Imortal Basket Clube. Fazer uma equipa percorrer 595 km enquanto outra só tem pela frente 95 - é um crime!