Sábado, 15 de Janeiro de 2011
Grave atropelo aos direitos de cidadania

CIDADÃO/CANDIDATO A PR

QUASE IMPEDIDO DE CIRCULAR

(com vídeo)

ZÉ D'ALBUFEIRA                                  d.r.

No mínimo, ridículo. E reprovável.

Um praça da GNR em serviço de vigilância na casa de férias do cidadão Aníbal Cavaco Silva, atual Presidente da República, na Praia da Coelha, tentou impedir o cidadão José Manuel Coelho, candidato a PR, de percorrer a rua pública onde se situa a referida casa.

O facto, lamentável num Estado de Direito, é indesmentível: as televisões captaram as imagens e passaram nos telejornais.

Duas questões se colocam, à partida.

A primeira é esta: por que razão tem a casa de férias do PR vigilância a cargo do erário público, mobilizando 24 sobre 24 horas militares da GNR que - e não é preciso sair do nosso concelho para o constatar - não dão conta do recado em termos de combate à criminalidade? Todos os dias - todos! - há assaltos e roubos e outros actos criminosos em Albufeira e a Guarda queixa-se de não dispor de efectivos suficientes. Mas para a casa de férias do cidadão que, por acaso, ocupa o lugar de primeiro magistrado da Nação, pelo qual recebe um bom ordenado, já há pessoal para garantir a vigilância permanente. Penso que Aníbal Cavaco Silva, com o vencimento que lhe pagamos e os rendimentos que aufere das suas aplicações financeiras, bem poderia pagar do seu bolso a uma empresa de segurança privada para prestar esse serviço! Basta ao Estado que lhe garanta a segurança pessoal e da residência oficial.

A segunda questão tem a ver com os direitos, liberdades e garantias dos cidadãos, consignados na Constituição. E, no caso em apreço, na Lei Eleitoral. Com que fundamento legal pode um qualquer agente da autoridade impedir um qualquer cidadão de circular livremente nos espaços públicos deste País? Para mais, tratando-se de um candidato a Presidente da República, validado pelo Tribunal Constitucional, no exercício legítimo do direito de fazer campanha eleitoral em período de campanha eleitoral...

Portugal caminha a passos largos para o abismo, muito por culpa da ação desastrosa dos políticos que temos. Falta nossa, que os elegemos - é verdade! Mas, qualquer que seja o estado de degradação do País, é imperativo das autoridades instituídas preocuparem-se, pelo menos, em garantir o exercício livre da cidadania a todos os cidadãos. No pleno respeito da Lei Fundamental e demais legislação em vigor.

Pelos vistos, aos elementos das forças policiais não basta ensinar o Código da Estrada e umas limitadas noções das leis penais. É preciso - e imperioso! - dar-lhes também formação em matéria constitucional e de direitos cívicos.

*foto msn.com

 

 



publicado por albufeiradiario às 14:42
link do post | comentar | ver comentários (6)
partilhar

Quinta-feira, 30 de Dezembro de 2010
2010

 A FIGURA DO ANO

 

 

 

A minha escolha recai este ano não numa pessoa

mas num movimento que cobriu Portugal de norte a sul

com o calor da solidariedade.

 

 

                                               Sem mais palavras.

 



publicado por albufeiradiario às 08:23
link do post | comentar | ver comentários (1)
partilhar

2000/2010

 A FIGURA DA DÉCADA

 

Uma espécie de prémio carreira dos óscares de Hollywood, visa galardoar

a figura que, em meu entender, mais se distinguiu nos anos 2000/2010.

A escolha só podia ser uma:

 

 

 

 CLIQUE NA FOTO

para aceder à entrevista que o dr. Luis Villas-Boas,

director (voluntário) do Refúgio,

concedeu domingo passado à Antena 1

[por especial deferência do meu amigo Paulo Abreu]

 



publicado por albufeiradiario às 08:17
link do post | comentar
partilhar

Segunda-feira, 27 de Dezembro de 2010
2011

ANO DE ASSALTO

AOS BOLSOS DOS TRABALHADORES

ZÉ D'ALBUFEIRA                           d.r.

Passado o Natal, ou antes, os Natais - o que não dispensa o Menino Jesus e o que se alimenta (e alimenta os egos de muita gente) com despesismo e novo-riquismo - eis-nos entrados na recta final para um novo ano. Que todos desejam melhor mas (quase) todos sabem que vai ser bem pior.

Desde logo, pela anunciada subida dos impostos e redução real dos salários. Igualmente pelo agravamento do desemprego. Depois, pelo aumento, também certo, de muitos dos produtos essenciais. Finalmente, pior que tudo isto, pela previsível - eu diria mais que certa - imposição de novos PEC's, OE's e quejandos ainda no primeiro trimestre.

2011 vai ser um ano de assalto constante aos bolsos vazios dos cidadãos que trabalham. Para pagar os desmandos e a incompetência de políticos sem categoria e sem escrúpulos, que conduziram o País nos últimos vinte anos ao beco sem saída em que se encontra.

Nem vale a pena chamar-me pessimista e leigo na matéria. Verão que será mesmo assim.

Sem lugar para sebastianismos nem curas milagrosas, a pergunta que se coloca com acuidade, neste momento, aos portugueses é esta: aonde é que isto vai parar?

*foto DireitoeTrabalho.com

 



publicado por albufeiradiario às 11:48
link do post | comentar
partilhar

Sexta-feira, 24 de Dezembro de 2010
Quem fala assim...

Faz-me confusão quando desviamos o olhar da pobreza.

                                                                    Catarina Furtado in JN

 



publicado por albufeiradiario às 09:37
link do post | comentar
partilhar

Quinta-feira, 23 de Dezembro de 2010
Apesar da crise

CONSUMISMO AUMENTA

ZÉ D'ALBUFEIRA                           d.r.

Desengane-se quem acreditou que a crise instalada levaria as pessoas a reduzirem os gastos na época de Natal que estamos a viver.

O consumismo continua à rédea solta e, a dois dias do Natal, as transações com recurso ao dinheiro de plástico já somam mais 4,3% do que em dezembro do ano anterior. É a SIBS, empresa que gere o Multibanco, quem o afirma.

Os próprios comerciantes, aliás, já esfregam as mãos de contentes, uma vez que as vendas de Natal estão a atingir níveis a que não estavam há muito habituados. Isto verifica-se particularmente nos setores do vestuário, eletrodomésticos, multimédia e novas tecnologias, bebidas e mercearias finas. Claro que as grandes superfícies e lojas integradas em centros comerciais são as mais beneficiadas.

Se pensarmos que a preferência pelos carros das gamas média e alta, registada no último trimestre, marca a tendência entre as famílias com mais posses – é caso para se dizer que está cada vez mais alargado o fosso entre ricos e pobres.

Porque não podemos esquecer que aumenta assustadoramente o número daqueles para quem o limiar da pobreza já foi ultrapassado. E que são muitos mais os que dele se aproximam perigosamente. Ao ponto de terem de recorrer, para manter uma alimentação condigna, à caridade alheia, nomeadamente aos restos de restaurantes e cantinas.

Enquanto este contraste é cada vez mais gritante, os nossos governantes continuam impávidos e serenos no seu pedestal, qual orquestra do Titanic a tocar alegremente enquanto o navio se afunda.

 



publicado por albufeiradiario às 18:47
link do post | comentar | ver comentários (1)
partilhar

Sexta-feira, 17 de Dezembro de 2010
Obras públicas

PERDER TEMPO

PARA "GANHAR"

ZÉ D'ALBUFEIRA                           d.r.

O ritmo de certas obras, muitas vezes, mais parece para entreter do que para as concluir.

É confrangedor assistir ao arrastamento, meses sobre meses, de intervenções que a urgência e oportunidade ditaria para ontem. E que, conduzidas com regularidade, estariam completadas dentro de prazos razoáveis.

Basicamente por duas ordens de razões: ou pela falência dos empreiteiros, e consequente morosidade dos processos administrativos daí decorrentes; ou pelo envolvimento de demasiados organismos públicos que não se entendem, por vezes se contrariam.

Mas há um terceiro motivo, este condenável: a queima de tempo que conduza à revisão de preços!

*foto ALBUFEIRAsempre

 



publicado por albufeiradiario às 23:56
link do post | comentar
partilhar

Sexta-feira, 22 de Outubro de 2010
Quem fala assim...

 

"Não sei se há alguém em Portugal que goste deste orçamento".

                                                           Cavaco Silva em entrevista ao Expresso

 

 



publicado por albufeiradiario às 23:59
link do post | comentar
partilhar

Quinta-feira, 21 de Outubro de 2010
A partir de hoje

ALBUFEIRASEMPRE ADOTA

NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO

ZÉ D'ALBUFEIRA                           d.r.

Um novo desafio profissional (ou antes, o retomar de uma profissão interrompida) obriga-me a adotar o Acordo Ortográfico que vigora desde 1 de Janeiro. 

Sabe quem me lê que desde a primeira hora me manifestei contra o referido acordo e era meu propósito continuar a escrever em Português não prostituído. Porém, mandam as regras da cidadania que as minorias se submetam às maiorias legítimas e estas façam prevalecer a sua vontade.

Para além disso, não faz o menor sentido integrar uma equipa de trabalho não seguindo na totalidade as regras em prática no coletivo.

Na mesma linha de atuação, passarei a redigir o ALBUFEIRAsempre ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Peço aos leitores a maior compreensão para o facto de encontrarem nos meus textos, nas semanas que se seguem,  incongruências de natureza ortográfica, resultado natural da transição em curso.

*imagem Henricartoon

 



publicado por albufeiradiario às 22:20
link do post | comentar | ver comentários (2)
partilhar

Quarta-feira, 13 de Outubro de 2010
No caso das SCUT

GOVERNO DRIBLA JUIZ

ZÉ D'ALBUFEIRA                           d.r.

Isto é mais que uma pouca vergonha!

Mal foi conhecida a aprovação da providência cautelar que suspende a cobrança de portagens nas chamadas SCUT, logo o executivo fez saber que vai driblar o Tribunal invocando a figura de interesse público.

Se o próprio Governo não respeita as decisões dos Juízes, como hão-de os outros energúmenos respeitar?

 

 barlavento (publicidade) J.Correia 916060663 jbcorreia@iol.pt

 



publicado por albufeiradiario às 23:59
link do post | comentar | ver comentários (1)
partilhar

pesquisar
 
Janeiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
15
16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
28
29
30
31


posts recentes

Grave atropelo aos direit...

2010

2000/2010

2011

Quem fala assim...

Apesar da crise

Obras públicas

Quem fala assim...

A partir de hoje

No caso das SCUT

arquivos

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

links
blogs SAPO
subscrever feeds